fbpx

Quanto custa contratar um arquiteto?

Quanto custa contratar um arquiteto: veja como é feito o cálculo do custo de um projeto e se vale a pena contratar um escritório de arquitetura.

Quer saber quanto custa contratar um arquiteto? Então, veio ao lugar certo. Reunimos os serviços que você pode contratar e como é feito o cálculo de quanto você irá investir. Além disso, esclareceremos uma dúvida bastante comum no final deste artigo: vale a pena contratar arquiteto? Acompanhe até o final e descubra.

 

Quanto custa contratar um arquiteto?

O custo para contratar um arquiteto depende do tipo de serviço que ele vai realizar. Uma prática bastante comum do mercado, por exemplo, é estipular o valor de acordo com a metragem da obra. Mas outra forma mais eficiente de calcular é a partir da estimativa de horas de trabalho que o profissional dedicará na solução.

Pauline Moraes, da Penha Moraes Arquitetura, explica como funciona o preço para contratar um arquiteto dependendo do serviço. Confira!

 

Projeto de interiores: por horas

Como o nome sugere, o projeto de interiores é voltado para o interior da obra. Muito além da decoração, trata-se de aproveitar ao máximo todos os cômodos da casa.

Pauline explica que muitos escritórios cobram pelo metro quadrado, mas que o ideal neste caso é que o valor do projeto seja estipulado de acordo com uma previsão das horas de trabalho que serão investidas em sua execução.

Isso, porque um cômodo muito grande – como uma sala de estar, por exemplo – pode ser bem mais simples de projetar do que um espaço reduzido, como um quarto.

Com a premissa de levar em conta a complexidade para entender as horas de serviço, o valor do investimento torna-se mais transparente e eficiente para o cliente.

“Aqui na Penha Moraes nós fizemos um grande trabalho de gestão para monitorar quanto tempo cada tipo de ambiente levava para ser projetado. Dessa forma, hoje, conseguimos aprimorar a maneira como elaboramos o preço. Calculamos baseando na real complexidade do serviço, o que gera um valor mais transparente para o cliente”, conta Pauline.

 

Projeto arquitetônico: pela complexidade

Já o projeto arquitetônico é ligado à construção ou reforma de um imóvel. Pode ser um serviço que começa do zero, ou seja, quando só existe o terreno e cabe aos arquitetos toda a elaboração da propriedade. Pode ser um serviço em cima de outro projeto arquitetônico que já existia e necessita de adaptações. E pode, ainda, ser uma reforma numa obra que já está de pé.

Sendo assim, Pauline explica que para elaborar o preço, o time da Penha Moraes faz uma análise de todas as variáveis: necessidades do cliente, tipo do terreno, quantidade de imagens que serão apresentadas, legislação necessária para o tipo da obra e visitas na construção.

 

“Como nosso escritório tem muita experiência, conhecemos toda a demanda de trabalho envolvida em cada etapa de um projeto arquitetônico. Assim, podemos elaborar o custo previamente, e, realmente baseado na complexidade. Tudo flui de forma transparente e eficaz”.

Pauline Moraes
Penha Moraes Arquitetura

Execução: pela porcentagem ou pacote

É um serviço de acompanhamento de todo o processo de execução do projeto de interiores. Aqui, Pauline explica que o preço não é engessado porque alguns clientes preferem pagar por porcentagem e outros escolhem o pacote fechado, que inclui um número predeterminado de visitas.

“Tem clientes que preferem pagar a execução baseados na porcentagem dos custos de material e mão de obra. Outros, preferem fazer um pacote fechado porque assim têm certeza de quanto investirão no profissional que vai acompanhar o andamento do projeto”, conta.

No caso do pacote fechado, Pauline ainda explica que é possível elaborar um valor realista porque durante a confecção do projeto de interiores, o arquiteto já consegue entender quanto tempo vai passar acompanhando tudo.

 

Arquitetura em Curitiba - imagem de uma casa de dois andares com projeto arquitetônico contemporâneo

Contratar um arquiteto para projeto arquitetônico, de interiores e execução é um investimento que leva em conta a complexidade. Confira aqui alguns projetos. (Imagem: Penha Moraes)

 

Vale a pena contratar um arquiteto?

Sim, vale a pena. Primeiro, porque construir um imóvel sem projeto arquitetônico pode sair bastante caro por conta do desperdício de material, erros de estrutura e falta de cumprimento de leis que são fundamentais para a liberação dos documentos da propriedade.

Segundo, porque é bem mais vantajosa a relação de custo-benefício para a construção de uma obra com projeto arquitetônico, projeto de interiores e execução, em comparação com aquelas que não têm esse amparo profissional.

Com o envolvimento de um arquiteto, você tem uma construção estruturalmente segura, funcional, adequada às leis do município e, de quebra, de acordo com o que você sempre sonhou.

Aproveite e conheça um pouco sobre a equipe de arquitetos e profissionais da Penha Moraes Arquitetura.